top of page
  • Foto do escritorValdemir Pires

Cultura, ensino e sociedade no Ocidente nos séculos XII e XIII



Sobre Verger, Jacques. Cultura, Ensino e Sociedade no Ocidente nos Séculos XII e XII. Bauru SP: EDUSC, 2001, 317 páginas.

 

As universidades são, hoje, instituições cuja importância estratégica é inegável para a cultura e para o progresso. Entretanto, seu papel preponderante no processo de produção e disseminação do conhecimento nunca foi tão questionado como nos dias atuais, em que novos canais e espaços de aprendizado são criados e em que a relação professor-aluno vai aos poucos perdendo a importância vital na formação de nível superior.

 

Nada mais conveniente, para entender as transformações em curso no mundo acadêmico,  do que resgatar - como faz Jacques Verger neste livro - o movimento histórico do surgimento e consolidação das primeiras universidades (Paris, Bolonha, Salerno, Cambridge, Oxford, Salamanca, Coimbra etc.), ao longo dos séculos XII e XIII, identificando as inquietações e personagens centrais desse tempo de mudanças que marcaram toda a Idade Média e se prolongaram até hoje em traços ainda conservados no ambiente universitário.

 

Quais foram os primeiros cursos universitários? Como o conhecimento era subdividido e classificado para possibilitar o ensino? Qual a relação entre a universidade nascente e a Igreja? Como o poder tratou estudantes, professores e seus espaços de trabalho quando a institucionalização do saber deu seus primeiros passos? Por que as primeiras universidades apareceram em determinadas regiões e não em outras? Por que Teologia, Filosofia, Direito, Medicina foram os primeiros cursos universitários? Que processos sociais, econômicos e políticos engendraram novas divisões do saber e novas formações universitárias? Como se produzir a chamada “autonomia universitária”? Como se desenvolveu a formação de um grupo de pessoas conhecidas como “homens do saber”? Importantes informações e instigantes reflexões são apresentadas por Jacques Verger para se encontrar respostas a essas indagações relevantes para se compreender a universidade hoje, quando ela parece estar enfrentando novos desafios, mas também vendo-se obrigada a reformular suas repostas para velhas questões.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page