Declínio do Orçamento Participativo

12/02/2019

 

O Orçamento Participativo, metodologia que permite a participação popular no processo orçamentário municipal nas cidades brasileiras, vem sendo menos adotada nos últimos anos, no país. Quais os motivos para que essa esperança democrática, invenção brasileira que ganhou o mundo, comece a perder impulso, talvez desaparecendo em breve? A constatação de que a experiência está desacelerando é clara, mas os motivos são diversos e complexos. É isso que Uatumã Fattori de Azevedo discute em sua dissertação de mestrado "Análise do declínio do número de implementações e do aumento do abandono das experiências de Orçamento Participativo no Brasil (2004-2016)", orientada pelo Prof. Dr. Wagner Romão, defendida na no Programa de Pós-Graduação de Pós-Graduação em Ciência Política da UNICAMP, no dia 12 de fevereiro de 2019.

 

Baixe aqui a dissertação (em breve).

 

Leia também o artigo "Orçamento Participativo (OP) após vinte anos de experiências no Brasil: mais qualidade na gestão orçamentária municipal?", de Valdemir Pires e Larissa de Jesus Martins.

Please reload

Postagens recentes

Pandemia, conhecimento e sabedoria

April 22, 2020

Escola de governo: Conhecer para governar, gerir, realizar e atender

January 6, 2020

Escola de Governo na Era Digital

November 25, 2019

1/1
Please reload

Tags

©2018 by Valdemir Pires. Proudly created with Wix.com